NOTÍCIAS RÁPIDAS
NOTÍCIAS

Vendedores aplicam suposto golpe do colchão milagroso e idosos são o alvo preferido.

11/03/2018
Fonte: Show de Noticias

O Show de Notícias encaminhou à denúncia ao Ministério Público, que deverá tomar providências, levando o caso para a justiça.

 

A esperteza para ganhar dinheiro fácil, mesmo que seja explorando alguém, vem tomando conta do nosso país e um dos supostos golpes mais recentes, é a vendo do Colhão Milagroso.

 

Vendedores que representam fabricantes de colchões magnéticos, que vem equipados com sistema de vibração, que eles chamam de massageador e que prometem milagres na vida das pessoas, inclusive, com cura doenças ou melhorias na qualidade de vida, por um preço exorbitante, parcelado em suáveis prestações mensais.

 

O principal público alvo desses vendedores, são os idosos, principalmente os aposentados, já que a forma de pagamento mais usada é o tal de crédito consignado, que desconta o financiamento direto na aposentadoria.

 

O Show de Notícias recebeu algumas dessas reclamações, sendo que, em uma delas, uma senhora de 75 anos de idade, foi “convencida” a adquirir o colchão, dizendo que ele lhe traria melhora na qualidade de vida e que agiria em vários setores do seu corpo, melhorando a circulação sanguínea, entre tantos outros benefícios, prometendo uma redução nos gastos com medicamentos e tratamento de muitas doenças.

 

Até aí não seria o problema, já que os idosos tem dificuldades e gastam muito com remédios, no entanto, o principal problema das promessas mirabolantes e milagrosas, está no pagamento dos colchões.

 

A denúncia que chegou ao Show de Notícias, mostra claramente que o valor combinado do produto seria acima de R$ 10.000,00, o que já é bastante caro, e que o parcelamento seria em 36 vezes, com parcelas em torno de R$ 350,00. No entanto, o financiamento foi feito em 72 parcelas, no valor aproximado de R$ 303,00, o que elevou o valor do produto para mais de R$ 20.000,00 (vinte mil reais).

 

E parece não se tratar de um caso isolado apenas, feito por engano, pois outros casos já foram registrados, inclusive, segundo o próprio representante de uma dessas empresas que fabricam os referidos colchões e que tem seus representantes na região.

 

Outra questão, é que a venda desses produtos, assemelha-se a uma pirâmide, onde um vendedor indica outro, que indica um terceiro e cada um que vai indicando novos vendedores, recebe comissão pela venda que ele faz.  

 

O Show de Notícias encaminhou à denúncia ao Ministério Público, que deverá tomar providências, levando o caso para a justiça.

 

Segundo a promotora de justiça, Dra. Roberta Cheregate Sanches, esse golpe vem acontecendo em outros estados brasileiros e os aposentados tornam-se presas fáceis, pela garantia do pagamento, através do crédito consignado e por receberem a proposta de que o colchão faz verdadeiros milagres.

 

Numa rápida pesquisa na internet, deu para perceber que esses mesmos colchões são vendidos nas grandes redres de lojas do Brasil, por um preço bem menor, que não chega a 30% do valor comercializado por essas empresas.

FACEBOOK