NOTÍCIAS RÁPIDAS
NOTÍCIAS

Caseiro mata casal a pauladas em chácara e confessa crime, diz polícia

11/01/2017
Fonte: g1go

O caseiro João Paulo de Sena dos Santos, de 23 anos, foi preso na segunda-feira (9) suspeito de matar o casal de namorados Rafael Rodrigues da Silva, de 28 anos, e Ludmilla Pereira Borges, de 18 anos, em Hidrolândia, na Região Metropolitana de Goiânia. Em vídeo gravado pela Polícia Militar, o jovem diz que cometeu o crime porque encontrou o armário dele arrombado (assista acima).

 



No vídeo, o suspeito relata que se desentendeu com o jovem por ter aberto um armário para pegar pertences dele e eles começaram a brigar. “Ele viu a porta arrombada e veio para cima de mim com a cadeira. Aí só peguei o pau para me defender. A menina veio em mim e eu dei nela. Foi isso que aconteceu. Três [pauladas] nele e duas nela. Botei o dedo no nariz para ver se estavam respirando. Cobri os corpos para o cachorro não lamber o sangue”, disse.

 

 

Ao ser questionado sobre inscrições feitas na mesa de sinuca da casa, ele responde que no recado pede perdão pelo que fez. “Deus me perdoa pelo que fiz. Aí eu joguei uma rosa para eles de arrependimento. Tomei um banho e fui pegar um ônibus. Eu ia lá para Brasília, não vou mentir para vocês. [Levei do casal] só o celular, a calça e a camisa. O pau joguei no córrego. Eu vou pagar pelo que eu fiz”, afirma.

 

 

Conforme o delegado Diogo Rincón, o preso estava vestindo as roupas da vítima quando foi identificado e preso pela Polícia Militar. “Um conhecido dos dois caseiros [da vítima e do autor] identificou as roupas ao ver o suspeito. Esse conhecido tentou falar com a vítima, mas não conseguiu e acionou a Polícia Militar. Uma equipe da PM conseguiu encontrar e prender o suspeito, que confessou toda a ação. Ele foi bem frio ao narrar tudo”, contou ao G1.

 

 

Ainda segundo o delegado, a Polícia Civil deve investigar o local do crime para confirmar que o preso é o autor das mortes. “Só a confissão dele não basta. Vou pedir as impressões do local do crime para confirmar a autoria dele e deixar tudo ainda mais claro”, completou.

 

 

Rincón informou que o preso é foragido do sistema prisional da Bahia porque já cometeu um latrocínio na cidade de Barreiras (BA). O suspeito está detido na Unidade Prisional de Hidrolândia.

 

 

A Polícia Civil pode autuá-lo por duplo homicídio qualificado por motivo fútil e roubo.

FACEBOOK