NOTÍCIAS RÁPIDAS
NOTÍCIAS

Sem atuação há quase um ano, núcleo da Defensoria Pública de MT em Juína é desativado

13/11/2013
Fonte: Marcelo Guedes| Metropolitana FM

Desde o início do ano sem um defensor público para atuar em favor da população mais carente que não tem condições de arcar com os honorários de um advogado, Juína perde, ao que tudo indica em definitivo, seu núcleo da Defensoria Público do Estado de Mato Grosso.



A reportagem da Rádio Metropolitana FM flagrou o momento em que servidores do órgão em Cuiabá carregavam em uma caminhonete Volkswagen Amarok, documentos, processos, computadores, materiais de escritório e o mobiliário da sede do núcleo.



Apesar de não darem entrevista, informaram preliminarmente que os itens serão levados para a capital Cuiabá. Desde 08 de março de 2013 a sede da defensoria pública de Juína está com as portas fechadas para o atendimento à população.



Após atuar por cerca de 10 anos em Juína, o defensor Dr Davi Brandão foi resignado para Cuiabá e desde então ninguém foi nomeado para atuar na cidade polo de Juína, que atende ainda Castanheira e Rondolândia. Os processos ficaram suspensos.



Nesse período uma defensora chamada em concurso foi designada para Juína, mas ela entrou na justiça para permanecer em Cuiabá, já que o esposo era servidor público e não teria como trazer a família para o interior do estado. A justiça acabou deferindo a liminar.



Preocupados com a falta de um defensor em Juína, cinco vereadores procuraram na quarta-feira passada (06) o Defensor Público-Geral, Djalma Sabo Mendes, em busca de uma solução. De acordo com o vereador Sandro Cândido (PT), a despesa de cerca de R$ 80 mil anual é o maior entrave e por conta de redução de custos ninguém tinha sido designado para Juína.



"Nós estávamos entrando num acordo com o defensor geral e agora fomos pegos de surpresa. Acredito que essa retirada da defensoria não seja definitiva e que é por pouco tempo, mesmo assim irei entrar em contato com Cuiabá e cobrar um posicionamento", destacou.



Durante a visita ao Dr Djalma, ficou pré-agendada uma audiência pública no município de Juína para o próximo dia 28. De acordo com Djalma, toda a região, que está sem atendimento, deve participar do encontro.

FACEBOOK