NOTÍCIAS RÁPIDAS
NOTÍCIAS

Nadador mato-grossense consegue índice para o Mundial de Barcelona no Troféu Maria Lenk

26/04/2013
Fonte: Da Redação - Max Aguiar

Mais três nadadores brasileiros fizeram índice para o Mundial de Barcelona, nesta quinta-feira, na piscina do Parque Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro. Nas eliminatórias dos 100m peito masculino do Troféu Maria Lenk, Felipe Lima e João Júnior atingiram a marca exigida para disputar a competição espanhola, em julho. Já Daniel Orzechowski nadou abaixo do tempo estabelecido nos 50m costas.


A eliminatória dos 100m peito da manhã desta quinta mais uma vez fez jus à fama de uma das provas mais acirradas da natação brasileira. Com os tempos de 1m00s42 e 1m00s60, Felipe Lima, do Minas, e João Júnior, do Pinheiros, fizeram índice (1m00s86) para o Mundial de Barcelona. As duas vagas disponíveis, no entanto, só serão definidas na final. No feminino, Juliana Marin, do Minas, foi a mais rápida, em 1m10s09. A marca exigida para ir à Espanha era 1m08s86.



"Agora é focar na final de hoje à noite, pois não tem nada decidido. Prestar atenção nos detalhes, pois só penso na minha frequência que aumentou muito no fim e acabei patinando um pouco. E focar bem na prova para garantir a vaga", disse o mato-grossense Felipe Lima.



Kaio Márcio chegou muito próximo do índice para o Mundial nos 200m borboleta. O paraibano, atleta do Cabo Branco/PA, foi o mais rápido das eliminatórias, com o tempo de 1m57s33. A marca exigida era de 1m57s03. Na prova feminina, Joanna Maranhão, do Nikita-Sesi, foi a mais rápida, com 2m12s72, mas ficou distante dos 2m09s38 estipulados.



Nos 50m costas, Daniel Orzechowski também nadou abaixo do índice. O nadador do Pinheiros foi o mais veloz das eliminatórias, com o tempo de 24s68. Guilher Guido, do mesmo clube, fez 24s87 e passou raspando da marca para Barcelona (24s81). No feminino, Etiene Medeiros, do Sesi-SP, também chegou perto. Ela nadou em 27s95, mas precisava fazer 27s84.

FACEBOOK