Jregional

NOTÍCIA

Data: Quarta-feira, 18/11/2020 00:00

Morre seu Lídio Ioris, pioneiro de Juína

Fonte: JuinaNews

Infelizmente a cidade de Juína, no noroeste de Mato Grosso, perdeu mais um dos grandes pioneiros responsáveis pelo desenvolvimento e crescimento da cidade.

 

Estamos falando do senhor Lídio Ioris que após lutar bravamente contra um câncer no Pâncreas, foi vencido pela doença, mas deixando um legado marcante para a sociedade juinense que lamenta a morte deste grande homem.

 

Lídio Ioris que estava com 83 anos de idade, era casado, pai de 04 filhos, 11 netos e 04 bisnetos.

 

Amante da literatura, Lídio Ioris é autor do livro “Juiná Rainha Da Floresta” cidade que escolheu para viver e criar seus filhos, fazendo questão oferecer formação acadêmica para cada um deles.

 

Luiz Carlos Ioris (Kiko), um dos filhos do senhor Lídio Ioris, concedeu entrevista ao site Juína News e contou que o pai estava sofrendo com o câncer no Pâncreas, onde permaneceu por um tempo internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na capital Cuiabá, e após a alta médica o mesmo foi para sua residência e permaneceu com o tratamento domiciliar sempre acompanhado de médicos e enfermeira, mas infelizmente na madrugada de hoje veio a óbito.

 

Luiz Carlos Ioris ressaltou que no dia de ontem a família já havia percebido sinais que seu pai não resistiria por muito tempo, levando os familiares a agilizar os procedimentos para transladar o corpo para ser valado e sepultado na cidade de Juína, lugar que o senhor Lídio sempre amou com a alma e o coração.

 

Vindo da cidade de São Jorge Do Oeste no estado do Paraná, Lídio Ioris chegou em Juína no ano de 1978, sendo que no ano seguinte resolveu trazer a família de mudança, pois sentiu que a o lugar era promissor e ideal para dar continuidade na criação dos filhos.

 

No estado do Paraná, Lídio Ioris foi proprietário de um cartório e também vereador, ajudando no processo de emancipação da cidade de São Jorge Do Oeste, sendo também responsável e um dos idealizadores da emancipação da cidade de Juína, que na época era comarca da cidade de Aripuanã.

 

Em Juína, o empresário trabalhou no cartório do 2º Ofício com a senhora Marilza Da Costa Campos, pois tinha experiência na área e logo após foi vice-presidente da Cooper Juína, juntamente com o senhor Poletto que era o presidente da época.

 

Um apaixonado pela literatura e também pela cidade de Juína, Lídio Ioris que era bem instruído nos estudos, e como dissemos escreveu um livro contando a verdadeira história da cidade de Juína.

 

“Será lembrado como um grande homem que viveu para ajudar o próximo, partiu deixando as melhores lembranças no coração de todos que o conheceu e muitas saudades”, finalizou Luiz Carlos Ioris.

 

O velório acontecerá a partir das 19:00h na câmara municipal, e na manhã do dia 18 de novembro, o corpo será levado a Catedral Sagrado Coração De Jesus, para a realização de uma missa de corpo presente e em seguida seguirá para o Cemitério Municipal São Francisco de Assis, para sepultamento.

 

O Juína New deixa aqui os sentimentos e condolências para os familiares enlutados.