Jregional

NOTÍCIA

Data: Quarta-feira, 17/07/2019 00:00

Casal de idosos morrem no mesmo dia

Fonte: Metropolis

Depois de 71 anos de casamento, o fim da história de amor entre Herbert DeLaigle, de 94 anos, e Marilyn Frances DeLaigle, de 88 anos, não podia ser mais emocionante. O casal faleceu no mesmo dia, na sexta-feira (12/07/2019), em um hospital em Waynesboro, na Virgínia (EUA). Segundo a imprensa local, as mortes ocorreram com apenas 12 horas de diferença e a notícia viralizou na internet.

 

Herbert DeLaigle foi o primeiro a partir, por volta das 2h20. Doze horas depois, chegou a vez de Marilyn. Pessoas próximas ao casal comentaram que ela possivelmente morreu após a chamada síndrome do coração partido, que afeta o músculo cardíaco e geralmente é desencadeada por situações de estresse agudo emocional ou físico. Ela não teria suportado a dor da perda do marido.

 

A história de amor começou há 72 anos, quando ele tinha 22 anos e ela, 16. Os dois se conheceram em uma cafeteria de Waynesboro em 1947, onde Marilyn estava trabalhando. “Frances trabalhava em um pequeno café chamado White Way Cafe”, comentou Herbert DeLaigle em uma entrevista de 2018 com a WRDW.

 

Depois de observar a até então desconhecida por vários dias, a vendo entrar e sair do estabelecimento, ele teve coragem de perguntar se ela sairia com ele algum dia. O primeiro encontro ocorreu em um cinema e depois de um ano de namoro, ele propôs casamento.

 

O obituário do casal dá conta que Marilyn viveu com Herbert na Alemanha durante 6 anos, após a Segunda Guerra Mundial. Como militar, DeLaigle serviu também na Coreia e no Vietnã, tendo ido para a reserva depois de 22 anos. Eles tiveram seis filhos e deixam também 16 netos, 25 bisnetos e três tataranetos.

 

O sepultamento do casal ocorreu na segunda-feira (15/07/2019). A notícia causou comoção nas internet. “Eles nunca terão que ficar sem o outro”, comentou um jovem. “Eu estou feliz por eles. Estar separados um do outro depois de todo esse tempo teria sido insuportável. Agora eles estão juntos para sempre”, ressaltou outra pessoa ao Daily Mail.